LOGO PPGCAS
UFJ

ANA CAROLINA DA SILVA ARAÚJO REZENDE

AUTOR: ANA CAROLINA DA SILVA ARAÚJO REZENDE
TÍTULO:  SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO E ESTUDO DA BIOATIVIDADE DE LIGAS FORMADAS POR Ti-Nb-Sn
ORIENTADOR:  Prof. Dr. Alexandre Magnus Gomes Carvalho
DATA DE APROVAÇÃO: 23/03/2018

 

Resumo:

O Titânio é um metal de primeira escolha para utilização como biomaterial. As ligas de Titânio do tipo β são as mais indicadas para implantes ortopédicos. Este estudo teve por objetivo obter, caracterizar estruturalmente e avaliar a bioatividade de três tipos de ligas de Ti-Nb-Sn: a) 61%Ti-18%Nb-11%Sn de fusão bruta; b) 61%Ti- 35%Nb-4%Sn com tratamento termomecânico; c) 61%Ti-35%Nb-4%Sn com tratamento termomecânico e superfície modificada quimicamente. Materiais e Métodos: as amostras foram produzidas através da fusão em forno arco voltaíco. Após a fusão, às amostras de Ti-35Nb-4Sn foram submetidas à redução, tratamento e envelhecimento térmico. Uma parte destas amostras de Ti-35Nb-4Sn tiveram a superfície modificada quimicamente e termicamente, através de soluções de NaOH, CaCl, Calor e água. Após este processo as três amostras foram submetidas a ensaios de bioatividade, seguindo o procotolo de Kokubo. As amostras foram imersas em um Fluído Corpóreo Simulado (FCS), durante diferentes períodos, (um, três, sete e quatorze dias). Durante este período, foram mantidas dentro da estufa à 36,5 ±0,03°C. Averigou-se a formação de apatita através de DRX e MEV/EDS. As técnicas experimentais utilizadas na caracterização foram: MO, DRX, FRX, MEV, e Ensaio de Dureza. Resultados: estruturalmente a liga Ti-18Nb-11Sn relevou uma estrutura composta pela fase martensítica ortorrômbica α”, com dureza Vickers de 189,5HV, as imagens de MEV apresentam a formação de Hidroxiapatita no 14° dia após a imersão em FCS. A análise de DRX mostra a presença de picos de difração para o ângulo 2θ=31,8°, o qual é referente à formação de Hidroxiapatita. A liga Ti-35Nb-4Sn é apresenta a formação da fase β, a qual apresenta microdureza Vickers de 270HV. As imagens de MEV confirmam a formação de hidroxiapatita após 7 dias de imersão de FCS. Os resultados de DRX também confirmam a presença de hidroxiapatita sobre a superfície da liga. E para as amostras modificadas termoquimicamente, a formação de HA é evidenciada pela MEV, no terceiro dia após imersão em FCS. Conclusão: A liga Ti-18Nb-11Sn demonstrou ser composta por fase martensítica ortorrômbica, assim, apresenta características estruturais e mecânicas que não são consideradas apropriadas para implantes. O ensaio de bioatividade demonstrou que a liga Ti-35Nb- 4Sn com tratamento de termoquímico da superfície, apresenta maior bioatividade que as demais ligas.

 

Pdf ícone

TEXTO COMPLETO